13 de julho de 2018

Problemas de pele? Saiba quais alimentos atuam na prevenção.




Foto: id-art/Thinkstock/Getty Images

"Você é o que você come”. Certamente essa frase é uma velha conhecida sua – e faz muito sentido! Tudo o que entra no seu prato reflete não só na sua saúde, mas na aparência do seu rosto também. Os nutrientes que ingerimos têm o poder de reparar, defender e participar de uma série de reações na pele. Ou seja, fazer boas escolhas alimentares vai dar uma ajudinha aos seus cuidados de beleza. Confira o que você deve colocar no prato para driblar certos problemas que tiram o nosso sono:

Acne
Adicione ao cardápio: sementes de abóbora, grão-de-bico, ostras e lentilha.

Motivo: esses itens são ricos em zinco. “O mineral é um anti-inflamatório natural com ação antibacteriana que inibe a proliferação dos micro-organismos causadores dos pontinhos avermelhados”, explica Natasha Barros, nutricionista estética de São Paulo.
Rugas
Adicione ao cardápio: açafrão e gengibre.

Motivo: os temperos contêm diversos fitoquímicos que previnem o envelhecimento precoce. Além disso, por serem anti-inflamatórios e antioxidantes, combatem os radicais livres que danificam a pele.

Falta de viço
Adicione ao cardápio: água com limão.

Motivo: carboidratos, açúcares, derivados do leite e outros itens comuns à nossa dieta deixam o pH da pele mais ácido. Aí, para tentar resolver o problema, as células trabalham a todo vapor até ficarem exaustas – o que acaba refletido em nosso rosto. “A bebida com um toque de limão, por ser considerada alcalina, balanceia o pH, evitando a fadiga das células”, conta a especialista. Mais: o limão desintoxica o organismo, conferindo vida e brilho ao rosto.

Manchas
Adicione ao cardápio: tomate e melancia.

Motivo: Ambas as frutas possuem licopeno. “Esse flavonoide é um composto bioativo antioxidante que protege contra os danos causados pelo sol, como manchas, sardas e descoloração”, esclarece Natasha.

Flacidez
Adicione ao cardápio: castanha-do-Pará, shitake, kiwi e pimentas.

Motivo: as duas primeiras, cheias de selênio, são opções que aumentam a elasticidade. Já o restante da lista estimula a produção de colágeno, um componente essencial para garantir firmeza.

Rosácea
Adicione ao cardápio: probióticos (presentes em alimentos como iogurte, leite fermentado, kefir, chucrute e outros).

Motivo: esses micro-organismos desempenham funções que vão além de equilibrar a flora intestinal. Uma delas é criar uma barreira protetora contra a ardência e a vermelhidão, problemas comuns a quem sofre com a rosácea.

Ressecamento
Adicione ao cardápio: abacate, nozes e azeite de oliva.

Motivo: as gorduras boas, a exemplo do ômega-3, reforçam a membrana da pele, facilitando a retenção de moléculas hidratantes na região. (BF)



Nenhum comentário:

Postar um comentário

deixe seu comentário aqui!