20 de março de 2018

Veja quatro erros que estão acabando com a bateria do seu celular.




O ditado é conhecido: a pressa é inimiga da perfeição. No entanto, é difícil lembrar disso quando o assunto é carregar o celular. A possibilidade de ficar sem o telefone assusta muita gente e a rotina corrida pode ser responsável pelo mal uso do aparelho. Se a sua bateria anda acabando muito rápido, é provável que você esteja cometendo algum desses quatro erros - ou todos eles. Confira:



1. Usar o celular enquanto carrega

Você costuma colocar o celular na tomada e continuar mexendo nas redes sociais? Pois saiba que a atitude só prejudica a vida útil do aparelho. Além de demorar para atingir a carga completa, a temperatura do aparelho aumenta ainda mais e o calor excessivo é um dos grandes inimigos da bateria. 

2. Carregar no computador

Em casos de emergência ou simplesmente com a ausência de tomadas por perto, carregar o celular pelo computador parece ser uma ótima alternativa. Porém, a praticidade pode custar caro se isso se tornar um hábito. A energia oscila muito na entrada USB e isso pode causar superaquecimento, diminuindo a vida útil da bateria. O ideal é carregar direto na tomada.

3. Usar carregador falso

Carregadores quebram. Esse é um fato. O outro, é que eles sempre vão quebrar quando você menos espera. Há ainda um terceiro, que pesa no bolso: eles, pelo menos os originais, são caros. Todos esses fatores podem levar o dono do aparelho a correr para o camelô quando a tragédia acontecer. No entanto, vale lembrar que o carregador é parte do celular. Ou seja, ele foi pensado para carregar o telefone de uma forma correta e segura. O uso de cabos e fontes falsas pode causar até incêndios, porque ele pode soltar faíscas ou superaquecer o celular. Então, se possível, lembre daquela frase clichê: o barato sai caro.

4. Deixar o celular perto do sol

Ir à praia costuma garantir excelentes fotografias. Porém, atenção para o local de guardar o celular: calor e bateria não combinam. Evite deixar o celular exposto ao sol. Deixar dentro do carro também não é uma boa opção.






Nenhum comentário:

Postar um comentário

deixe seu comentário aqui!