28 de julho de 2017

Pente-fino do governo federal cancela mais de 5,5 mil auxílios-doença sem revisão na Bahia.




Um levantamento do governo federal, por meio do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), revelou que foram cancelados mais de 5,5 mil dos auxílios-doença do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) analisados na Bahia. O pente-fino avaliou 7,2 mil perícias feitas no estado. O montante faz parte dos 180 mil auxílios-doença que foram suspensos no país, após avaliação da pasta.  O pente-fino do ministério focou nos beneficiários que há mais de dois anos não passavam por revisão no INSS, o que é obrigatório. Além do cancelamento dos auxílios, na Bahia, mais de 1.600 benefícios foram convertidos em aposentadoria por invalidez, auxílio-acidente e encaminhamentos para reabilitação profissional. No estado, 31.154 benefícios de auxílio-doença serão revisados, o que deve gerar uma economia de mais de R$ 900 milhões aos cofres públicos.  Previsto em lei, o auxílio-doença estabelece o repasse de dinheiro ao segurado do INSS que, por uma doença ou acidente, fica temporariamente incapaz de trabalhar. Para receber os recursos, a pessoa precisa apresentar laudo médico e passar por revisão. G1 Bahia.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

deixe seu comentário aqui!