14 de julho de 2017

Considerado morto por médicos, idoso "ressuscita".






O gari Ronaldo Martins de Souza, de 63 anos, havia sido dado como morto após sofrer uma parada cardiorrespiratória. Os médicos haviam tentado reanimá-lo e os seus familiares preparavam os trâmites burocráticos para o seu enterro -- comprando até mesmo o caixão -- quando ele surpreendeu a todos e "ressuscitou". O caso aconteceu em Manaus, no Amazonas.   Apesar de Ronaldo estar vivo, seu quadro ainda é grave. O paciente está com pneumonia e com edema cerebral e em coma induzido. A direção do Serviço de Pronto Atendimento (SPA), disse, através de nota, que o idoso deu entrada na unidade de saúde na tarde da última terça-feira (11), desacordado, em parada cardiorrespiratória e sem os sinais vitais, sendo encaminhado para a sala de reanimação.  No local, os processos foram feitos por uma hora, sem sucesso. O quadro de Ronaldo foi compatível com o diagnóstico de morte encefálica. Via VB.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

deixe seu comentário aqui!